Mother


Nem sequer foi uma surpresa, mas sim a confirmação de um jovem realizador que tem vindo dar que falar desde o seu Memories of a Murder que é só um dos melhores policiais dos últimos anos. Seguiu-se The Host. E Mother segue o mesmo caminho. Um filme entusiasmante, com um argumento sólido o suficiente para fazer brilhar uma actriz enorme. Bastou ver este filme para considerar Kim Hye-ja um monstro da representação. Bong Joon-ho já havia provado um completo domínio de géneros e estilos num único filme. Violência, suspense, drama e comédia. Bong torna-se assim, um realizador obrigatório por aqui.

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada